Juristas, políticos e artistas repercutem depoimento de Lula - Página Xique-Xique

Plantão


Publicidade

Publicidade

08 maio, 2017

Juristas, políticos e artistas repercutem depoimento de Lula


O depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na próxima quarta-feira, 10, ao juiz Sérgio Moro já levanta debates nas redes sociais. É a primeira vez que o petista, réu por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no caso do triplex do Guarujá, vai se encontrar com o magistrado numa oitiva.

A jurista Janaína Paschoal, autora do pedido de impeachment da presidente cassada Dilma Roussef, usou seu Twitter para comentar a organização de caravanas por partes de militantes e movimentos independentes para acompanhar Lula no depoimento. “O fato de o PT armar um carnaval em torno do interrogatório do ex-presidente é prova de que não tem como enfrentar o mérito das acusações”, escreveu.


Janaína concordou com o juiz Sérgio Moro, que pediu em vídeo para que apoiadores da Lava Jato evitem ir a Curitiba no dia 10. “Tudo que Lula quer é confusão no dia 10, por isso é essencial que ninguém, além dos vassalos de plantão, vá fazer ato em Curitiba. Se os movimentos que apoiaram o impeachment forem para Curitiba, a estratégia petista será bem sucedida. Deixemos a palhaçada para eles”, escreveu a jurista.


Lula também comentou o que vem sido tratado como “embate” entre ele e o juiz. “Se Moro é lutador de vale-tudo, quem é o juiz?”, escreveu o ex-presidente no seu Facebook. O petista aproveitou para lembrar que sua defesa já denunciou Moro na Organização das Nações UNIDAS. “A defesa não denunciou outros juízes que examinam processos de Lula, mas um juiz celebridade que toma decisões ilegais, como a divulgação de áudios privados, e áudios gravados ilegalmente com objetivos políticos”, escreveu.

No sábado, 6, o senador Lindbergh Farias (PT-RJ) escreveu em seu Facebook sobre um mural feito em Curitiba por pessoas contrárias a Lula e em apoio à Lava Jato. No outdoor, com um desenho de Lula preso, lia-se “Seja bem-vindo”. “A direita torra rios de dinheiro para espalhar ódio pelos outdoors da cidade... e o povo transforma em declarações de carinho por Lula! Moro deve estar furioso…”, escreveu o petista, que postou uma foto do outdoor com um coração escrito “Lula ladrão roubou meu coração”, colado em cima do escrito original.

Com a hashtag #LulaXMoro, o deputado federal e vice-presidente nacional do PSDB, Carlos Sampaio (SP), também usou o Twitter para comentar o interrogatório. "Finalmente, Lula vai prestar contas à Justiça como réu na Lava Jato! O depoimento será nesta quarta-feira!", escreveu

Já o deputado federal Onyx Lorenzoni (DEM-RS) levantou o tom para o petista. “O psicopata covarde inflama a pelegada pra transformar um interrogatório em ato politico. Não é. Lula sempre usou as pessoas”, disse por meio do seu Twitter.

As críticas não se limitaram ao universo político. O escritor e dramaturgo Aguinaldo Silva escreveu, neste domingo, que “Lula é inocente, Papai Noel existe, eram os deuses astronautas e Elvis não morreu”. Já o ator José de Abreu demonstrou apoio ao ex-presidente e criticou o vídeo publicado por Moro. “Juiz com apoiadores é demais… onde vamos parar?”, escreveu.


























Fonte: Estadão



Nenhum comentário:

Postar um comentário


Publicidade