Temer fala em ajuste fiscal, mas PMDB defende aumento do Judiciário

Posted by Rawan Machado | 23 agosto, 2016 | Posted in



Um dia depois de o presidente em exercício Michel Temer se reunir com líderes dos partidos da base na Câmara para reafirmar o compromisso do governo com o ajuste fiscal e defender um freio na concessão de aumentos salariais no serviço público, o PMDB do Senado caminhou em sentido contrário.

O senador Valdir Raupp (RO) apresentou voto em separado na Comissão de Assuntos Econômicos em defesa do aumento salarial do Judiciário. Em seguida, o líder da bancada, Eunício Oliveira, apresentou requerimento de urgência para a votação do projeto – o que permite a votação diretamente em plenário já nesta quarta-feira.

O ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, responsável pela articulação política, que na véspera foi o porta-voz do governo do anúncio do compromisso com o ajuste fiscal sem novos aumentos salariais, hoje refez a declaração.

Ele disse ao blog que estava se referindo a matérias que não estavam no Congresso, como reajuste salarial de policiais e da diplomacia.

Quanto ao aumento do Judiciário, disse que nada mais o governo poderia fazer porque o projeto já estava no Congresso e que o Planalto não iria interferir.

"O que está pendente de envio ao Congresso não será tratado. Mas o que já está no Congresso é autonomia do Congresso", afirmou Geddel.

Eunício Oliveira disse que o requerimento de urgência é assinado por nove líderes partidários e observa que não recebeu qualquer telefonema do Palácio do Planalto para não levar o projeto de aumento do Judiciário.

"O projeto passou na Câmara e passou na Comissão de Justiça do Senado. Não vi qualquer movimento para não conceder este aumento", disse Eunício no começo da noite, a caminho do Palácio do Planalto.

Ele afirmou que vai ouvir a orientação do governo. "Eu não vou brigar com ninguém por causa disso", declarou.

O comportamento do PMDB irritou a bancada do PSDB e levou o líder Aloysio Nunes Ferreira a se queixar ao presidente em exercício, Michel Temer. Para os tucanos, o PMDB passa a apoiar o aumento, deixando para o PSDB o papel de dizer não ao Judiciário.

"O PMDB está fazendo como o PT fazia: o PT ficava contra projetos de Dilma. Agora, o PMDB não assume as propostas do governo Temer", afirmou Aloysio Nunes.

Temer deve pedir ao PMDB que pelo menos adie a votação do projeto de aumento do salário do Judiciário.


Para o presidente do PSDB, Aécio Neves, o PMDB tem de mostrar claramente se é contra ou a favor do ajuste fiscal. "O momento não permite mais ambiguidades", disse ele.






Após discussão homem é brutalmente assassinado a golpes de faca, em Xique-Xique

Posted by Rawan Machado | | Posted in

O homicídio aconteceu por volta das 2hs da manhã desta terça-feira (23), na Rua Barão do Rio Branco, bairro centro, região do Ceasa em Xique-Xique.



A vítima identificada como Janicássio dos Santos Ribeiro, 27 anos, cognominado de “Cassinho”, estava no local com a pessoa de iniciais C.A.S quando este acabou desferindo três tapas no rosto da vítima, após isso, os dois entraram em uma luta corporal onde o autor de iniciais C.A.S pegou uma faca e desferiu contra Janicássio Ribeiro vários golpes de arma branca (faca), o qual veio a óbito no local. Segundo informações da Polícia Civil o autor do assassinato já havia cometido outro homicídio nesta cidade e tinha várias passagens pela polícia por diversos crimes já cometidos pelo mesmo. C.A.S foi preso em flagrante.

O DPT – Departamento de Polícia Técnica esteve no local para fazer a remoção do cadáver. O corpo de Janicássio foi encaminhado para o IML – Instituto Médico Legal da cidade de Irecê. 


Por: Rawan Machado - Repórter Policial - Blogueiro - Redator 
Informações: Polícia Civil

Procura mais informações de Xique-Xique-BA e região? do Brasil e do mundo? Acesse nossa página inicial: www.paginaxiquexique.blogspot.com







Jovem centralense de 15 anos é encontrado morto em Lapão; corpo está no IML de Irecê

Posted by Rawan Machado | 18 agosto, 2016 | Posted in

Na manhã desta quinta-feira (18), um corpo até então sem identificação foi encontrado por populares numa estrada vicinal entre os povoados Lajedo de Pau D’Arco e Casal, na zona rural do município de Lapão, região de Irecê.

O cadáver com uma tatuagem no braço escrito a frase ‘Deus é Amor’ estava com bermuda jeans, camiseta azul e tênis preto. De acordo com a polícia, ao lado do corpo existia uma porção de maconha.

Uma equipe do Departamento de Polícia Técnica esteve no local onde removeu o corpo para o Instituto Médico Legal.

Segundo o delegado e coordenador da 14ª Coorpin, em Irecê, Roberto Leal, o corpo já foi identificado, e trata-se de Luciano Paulino da Silva, de 15 anos, natural de Jussara,  morador de Central e filho de Renata Paulino da Silva.

A Polícia Civil investiga o caso. Até o momento, ninguém foi preso. O adolescente tinha uma vida bastante irregular, inclusive com envolvimento com droga.

Ainda de acordo com o delegado, o crime tem característica de execução. Luciano foi assassinado com pelo menos três disparos de revólver calibre 32 na cabeça. Conforme a polícia, o jovem foi morto por volta das 22h de ontem, quarta-feira, dia 17.

O corpo vai ser necropsiado, e em seguida liberado para o velório e sepultamento.





Fonte: Central Notícia

Dilma vai se complicar, prevê tucano; para petista, ela provará injustiça

Posted by Rawan Machado | | Posted in

Presidente afastada anunciou que se defenderá pessoalmente no Senado. Ela fala na segunda (29). Julgamento começará na próxima quinta (25).



"Em primeiro lugar, a vinda dela derruba a tese de que o processo é um golpe. Não há golpe em um processo em que a própria suposta golpeada participa. Segundo, todas as vezes que a presidente se manifestou publicamente ela se complicou. Aqui não vai ser diferente." Disse o Senador Cássio Cunha Lima, líder do PSDB


O líder do PSDB no Senado, senador Cássio Cunha Lima (PSDB-PB), afirmou nesta quinta-feira (18) que a presidente afastada Dilma Rousseff "vai se complicar ainda mais" com a decisão de comparecer ao Senado para se defender no julgamento do impeachment marcado para se iniciar na próxima quinta-feira (25). Para o líder do PT, senador Humberto Costa (PE), Dilma vai vai demonstrar que o processo de afastamento é "injusto".

O depoimento de Dilma está previsto para segunda-feira (29) – veja o cronograma da sessão de julgamento do impeachment.

PSDB

"Em primeiro lugar, a vinda dela derruba a tese de que o processo é um golpe. Não há golpe em um processo em que a própria suposta golpeada participa. Segundo, todas as vezes que a presidente se manifestou publicamente ela se complicou. Aqui não vai ser diferente", afirmou Cássio Cunha Lima.

Para o líder do PSDB, mesmo com o depoimento, Dilma Rousseff não vai conseguir reverter votos favoráveis ao impeachment. "Pelo contrário, senadores que votaram contra o impeachment é que poderão mudar de posição."

O tucano afirmou ainda que espera que os senadores favoráveis ao afastamento definitivo de Dilma "não se excedam" no tom das perguntas e a tratem de maneira adequada.

PT

"A vinda dela pode ajudar a consolidar ou reverter votos, mas mesmo que ela não consiga reverter um único voto, ela vai ter amplas condições de mostrar que o processo é injusto. Ela vai mostrar que pode ter cometido erros políticos e econômicos, mas, de forma alguma, ela descumpriu a Constituição." Disse o Senador Humberto Costa, líder do PT


Aliado de Dilma, Humberto Costa afirma que a petista está "preparada" para responder as perguntas dos senadores, sejam elas técnicas ou políticas, e vai "mostrar que não cometeu crime de responsabilidade".

"A vinda dela pode ajudar a consolidar ou reverter votos, mas mesmo que ela não consiga reverter um único voto, ela vai ter amplas condições de mostrar que o processo é injusto. Ela vai mostrar que pode ter cometido erros políticos e econômicos, mas, de forma alguma, ela descumpriu a Constituição", disse o líder do PT.

Humberto Costa também declarou que a presença de Dilma Rousseff vai chamar a atenção da imprensa internacional e da população para os problemas do processo de impeachment que, sem a participação da petista, poderiam "passar desapercebidos".

De acordo com o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), até o dia 30 de agosto o Senado terá concluído o julgamento.

Para o afastamento ser decretado, são necessários os votos favoráveis de pelo menos 54 senadores. Caso esse placar não seja atingido, Dilma reassume a Presidência da República.








Dólar fecha em alta pela 6ª sessão e vai a R$ 3,23

Posted by Rawan Machado | | Posted in

Moeda norte-americana subiu 0,67%, vendida a R$ 3,2333. Incertezas sobre o ajuste fiscal e estratégia do BC pesaram.

O dólar fechou em alta nesta quinta-feira (18), com incertezas sobre o ajuste fiscal no Brasil e a estratégia de atuação cambial do Banco Central ofuscando expectativas de que os juros não devem subir tão cedo nos Estados Unidos, que levou a moeda a recuar nos mercados externos.

A moeda norte-americana subiu 0,67%, vendida a R$ 3,2333. Veja a cotação do dólar hoje.

Na semana, o dólar acumula alta de 1,51%. No mês de agosto, recua 0,29% e, no acumulado de 2016, perde 18,1%.

Acompanhe a cotação ao longo do dia:
Às 9h09, alta de 0,29%, a R$ 3,2208
Às 9h29, alta de 0,19%, a R$ 3,2179
Às 10h10, alta de 0,36%, a R$ 3,2233
Às 10h39, queda de 0,19%, a R$ 3,5051
Às 11h29, alta de 0,1%, a R$ 3,215
Às 13h10, alta de 0,6%, a R$ 3,2308
Às 14h20, alta de 0,63%, a R$ 3,2326
Às 16h, alta de 0,77%, a R$ 3,2361

O BC vem mantendo sua estratégia de vender diariamente 15 mil swaps reversos, que equivalem a compra futura de dólares, desde que aumentou a oferta na semana passada, sobre 10 mil contratos diários até então. O reforço na intervenção contribuiu para tirar o dólar das mínimas em quase um ano atingidas neste mês.

"Com a atuação mais pesada do BC e as especulações sobre o fiscal nos últimos dias, o real tem tido desempenho pior que as outras moedas. E hoje, o mercado desviou o foco para o (cenário) local", disse à Reuters o estrategista de um banco internacional.
Declarações do presidente interino Michel Temer levaram alguns a apostar que o governo almejaria evitar quedas maiores do dólar, mas o presidente do BC, Ilan Goldfajn, tem defendido o respeito ao câmbio flutuante.

Investidores também continuavam à procura de pistas sobre a trajetória do ajuste fiscal. De maneira geral, o mercado vem minimizando a importância dos recuos do governo em sua campanha para aprovar medidas de austeridade no Congresso Nacional, apostando que a postura tende a enrijecer se o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff for aprovado.
O quadro local levou o mercado brasileiro a descolar-se dos mercados externos, onde o dólar perdeu terreno em meio a apostas de que os juros norte-americanos não devem subir neste ano.

O presidente do Fed de Nova York, William Dudley, sugeriu nesta semana a possibilidade de alta de juros já no mês que vem. Nesta quinta-feira, ele voltou a adotar um tom positivo sobre a economia dos EUA, ressaltando o fortalecimento do mercado de trabalho.
Mas a ata do Comitê Federal de Mercado Aberto (Fomc, na sigla em inglês) mostrou, na véspera, que ainda há consenso no Fed de que são necessários mais dados para que seja apropriado elevar os juros, embora alguns integrantes com poder de voto esperam que isso aconteça em breve.

Muitos operadores esperavam sinalização mais contundente de que os juros norte-americanos podem subir neste ano e venderam dólares após a divulgação da ata. Juros mais altos nos EUA poderiam atrair para a maior economia do mundo recursos aplicados em outros mercados.

"(Autoridades do Fed) têm feito comentários mais 'hawkish', mas a ata de ontem foi cautelosa, não se comprometeu com um prazo. Isso deixa o mercado em uma encruzilhada, esperando mais comunicações oficiais", disse à Reuters o operador da corretora Correparti Jefferson Luiz Rugik.

Última sessão


Na véspera, o dólar subiu 0,54%, a R$ 3,2115 na venda. Na semana, avança 0,83%. No mês de agosto, contudo, tem queda acumulada de 0,96% e, em 2016, recua 18,6%.





Homem procurado pela polícia do Oeste da Bahia é preso em Irecê

Posted by Rawan Machado | 17 agosto, 2016 | Posted in

Na noite de ontem, terça-feira (17), por volta das 21h, uma guarnição da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO ), abordou um indivíduo identificado por  Camilo Xavier de Souza.

Ele foi reconhecido pela guarnição, sendo que a abordagem ocorreu na Rua Antônio Bastos Miranda, em Irecê. Contra Camilo existia uma mandado de prisão preventiva em aberto expedido pela justiça de Pilão Arcado, na região do Vale do São Francisco.

Segundo a polícia, Xavier é procurado pela polícia do Oeste da Bahia, em Barreiras e São Desidério, onde é suspeito de assaltos a motocicletas.

O fugitivo foi encaminhado para o Complexo Policial de Irecê onde está preso em uma das celas. Em Irecê, Camilo foi preso também em outra ocasião, em 2013, suspeito de tráfico de drogas.





Fonte: Central Notícia

Agência do Banco do Brasil é explodida na madrugada desta segunda-feira no interior da Bahia

Posted by Rawan Machado | 15 agosto, 2016 | Posted in



Um grupo com cerca de 20 bandidos fortemente armados levou terror ao município de Caculé, na madrugada desta segunda-feira (15). O objetivo do bando era explodir as agências do Banco do Brasil e Caixa Econômica, no Centro da cidade. Segundo a 94ª Companhia Independente de Polícia Militar (CIPM), a quadrilha entrou na cidade por volta de 1h40 em quatro veículos. Para impedir reação da polícia e intimidar a população, o grupo montou um cerco em frente ao batalhão da PM e fizeram dezenas de disparos. A ação durou cerca de 40 minutos. De acordo com informações obtidas pelo site Sudoeste Bahia, o grupo destruiu a porta de vidro da agência, enquanto outros membros da quadrilha se espalharam nas ruas que dão acesso ao local.


No total, foram duas explosões. Os bandidos atacaram os caixas eletrônicos que ficam na área de autoatendimento. O imóvel ficou completamente destruído. Ainda segundo a polícia, os criminosos tentaram explodir o cofre da Caixa Econômica, mas um dispositivo de segurança foi acionado e eles desistiram da ação sem levar qualquer quantia em dinheiro. Após a ação criminosa, o grupo fugiu pela BA-156, em direção ao município de Mortugaba. Guarnições da Companhia Independente de Policiamento Especializado/Sudoeste (CIPE/Sudoeste) fazem buscas na região. Até a publicação desta matéria ninguém havia sido preso. Não foi informado o valor roubado da agencia do BB pelos criminosos. Uma perícia deve ser enviada ao local ainda hoje. Uma equipe do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) é aguardada em Caculé na manhã de hoje para dar início às investigações.









OFICIAL

IDIOMA