Casal é feito refém durante roubo a residência em Irecê-BA; criança de três anos é trancada em quarto

Posted by Rawan Machado | 05 dezembro, 2016 | Posted in



Um casal foi mantido refém por assaltantes durante um roubo a uma residência, localizada no bairro Recanto das Árvores, em Irecê-BA. De acordo com as informações da polícia, dois homens encapuzados e armados com revólveres invadiram a residência, por volta das 23h30, quando a família assistia TV.

Conforme o registro, os criminosos renderam os moradores, entre eles uma criança de três anos, e os levaram para o interior do imóvel. Os proprietários foram trancados dentro de um quarto, enquanto os assaltantes recolhiam os objetos.

Segundo o proprietário da residência, que não teve o nome revelado pela polícia, enquanto as vítimas eram mantidas reféns, os ladrões passaram a fazer ameaças de morte caso não cooperassem.

Os homens levaram, além do veículo da família, dois celulares, um aparelho de DVD, um abolsa e outros objetos.

O veículo roubado, usado pelos bandidos para fugir, foi encontrado abandonado no bairro Boa Vista, na manhã deste sábado (4).

O caso será investigado pela Delegacia de Furtos e Roubos da 14ª Coordenadoria Regional de Polícia Civil em Irecê.



Fonte: Rede Caraíbas

PF faz buscas em endereços de ministro do TCU e de ex-presidente da Câmara

Posted by Rawan Machado | | Posted in

Suspeitos de terem cobrado propina para blindar fornecedores da Petrobras na CPI mista de 2014, Vital do Rêgo e Marco Maia ainda não se manifestaram sobre a operação.



A Polícia Federal (PF) cumpriu na manhã desta segunda-feira (5), com apoio da Procuradoria Geral da República (PGR) e da Receita Federal, mandados de busca e apreensão na casa e nos escritórios do ministro do Tribunal de Contas da União (TCU) e ex-senador Vital do Rêgo (PMDB-PB) e do deputado federal Marco Maia (PT-RS), ex-presidente da Câmara. Os dois são investigados desde maio pela Operação Lava Jato.

Segundo a PF, por ordem do ministro Teori Zavascki – relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF) – estão sendo cumpridos nove mandados judiciais no Distrito Federal, na Paraíba e no Rio Grande do Sul nos endereços pessoais, funcionais e empresariais do deputado do PT e do ministro do TCU.

O objetivo é coletar provas do suposto envolvimento de Marco Maia e Vital do Rêgo em um esquema de cobrança de propina. A Polícia Federal informou que executivos de empreiteiras afirmam ter repassado mais de R$ 5 milhões para "evitar retaliações".

Os dois são suspeitos de terem cobrado uma espécie de "pedágio" de fornecedores da Petrobras para blindá-los e impedir suas convocações na CPI mista do Congresso Nacional que, em 2014, investigava as suspeitas de irregularidades na estatal do petróleo.

Em maio, Teori havia autorizado a abertura de um inquérito para investigar o envolvimento dos dois na Lava Jato com base na delação premiada do senador cassado Delcídio do Amaral (sem partido-MS).

No pedido de abertura de inquérito, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, alegou que os fatos narrados por Delcídio indicam crimes de concussão (crime praticado por funcionário público) ou corrupção passiva.

A assessoria de Vital do Rêgo informou ao G1, às 9h50, que o ministro do TCU só vai se posicionar oficialmente sobre os mandados de busca e apreensão no momento em que ele "entender" exatamente o que aconteceu.
O G1 entrou em contato com a assessoria de Marco Maia, mas até a última atualização desta reportagem ainda não havia obtido resposta.

A Polícia Federal batizou essa fase da operação de "Deflexão". Em nota, os policiais explicaram que o nome faz referência ao verbo "defletir", que significa provocar mudança ou alteração no posicionamento normal de algo.

Ainda de acordo com os policiais, a operação foi chamada de Deflexão para se referir ao fato de que, mediante propina, empreiteiros investigados passaram à condição de blindados de uma eventual responsabilização.

CPIs simultâneas

À época em que teria cobrado propina de empreiteiros, Vital ainda ocupava uma cadeira no Senado e presidia, simultaneamente, duas CPIs criadas no Legislativo para investigar as denúncias contra a Petrobras.

Uma das comissões era formada exclusivamente por senadores e tinha como relator o ex-senador Gim Argello (PTB-DF), que foi condenado a 19 anos de prisão pela Lava Jato sob acusação de cobrar propina para barrar a convocação de empresários na CPI da Petrobras. Ele está preso desde abril em Curitiba.

A outra Comissão Parlamentar de Inquérito presidida por Vital do Rêgo era mista – composta por deputados e senadores – e tinha como relator o deputado Marco Maia, que presidiu a Câmara entre 2010 e 2013.

É justamente para esclarecer se os dirigentes dessa CPI também cobraram propina de empreiteiros que o STF autorizou os mandados de busca e apreensão cumpridos nesta segunda-feira.

Vital do Rêgo abandonou a vida parlamentar e passou a ocupar uma cadeira no TCU no final de 2014, enquanto ainda presidia as duas CPIs, em uma cota reservada a indicações do Senado. Ligado ao grupo político comandado pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), ele tinha mandato de senador até 2019.


Dos nove ministros do TCU, três são indicados pelo presidente da República, três pela Câmara dos Deputados e três pelo Senado. O tribunal é um órgão de controle externo, auxiliar do Congresso Nacional na fiscalização das contas públicas.



Perícia investigará queda de helicóptero que matou noiva em SP

Posted by Rawan Machado | | Posted in

Jovem pretendia fazer surpresa para o noivo, que já a aguardava no altar; fotógrafa, piloto e irmão da noiva também morreram no acidente.


Perícias previstas para a manhã desta segunda-feira (5) vão investigar a causa da queda de um helicóptero que matou uma noiva que estava a caminho de seu casamento na grande São Paulo no domingo (4). Peritos do Instituto de Criminalística de polícia paulista e especialistas da Aeronáutica estarão no local da queda do helicóptero em São Lourenço da Serra em busca de indícios da causa do acidente.

A queda ocorreu a poucos quilômetros do espaço que tinha sido alugado para a festa. A noiva tinha o sonho de chegar ao casamento de helicóptero, segundo o dono do buffet e responsável pela organização da festa, Carlos Eduardo Batista. O noivo a aguardava no altar quando soube do acidente.

Também morreram o piloto, Peterson Pinheiro, o irmão da noiva, Silvano Nascimento da Silva e a fotógrafa Nayla Cristina Neves Lousada, que estava grávida de seis meses.

“O noivo não sabia que ela chegaria de helicóptero. Seria uma surpresa para ele e para todas as pessoas da festa. Todas as noivas têm um sonho e o dela era chegar de helicóptero a seu casamento sem que ninguém soubesse”, disse Carlos, um dos poucos que sabiam da surpresa para poder organizá-la.
O dono do buffet afirmou que estranhou quando o helicóptero não pousou no campo de futebol do sítio e procurou a empresa responsável pela aeronave. “O dono disse que o helicóptero já tinha subido e que já deveria ter chegado”. “Pouco depois, ele mesmo me disse que uma aeronave tinha caído, mas que não imaginava que seria a sua própria”, completou.

Quando recebeu a confirmação da queda e das mortes, Carlos comunicou primeiramente o noivo. “Chamei o pastor que estava na cerimônia e ele foi comigo comunicar para tentar acalantar o noivo. Ele ficou em estado de choque. Depois, os demais convidados [cerca de 300] souberam e ninguém sabia como agir. Foi uma tragédia”. Alguns familiares e convidados permaneceram no local da festa e outros foram embora.

O helicóptero que caiu é do modelo Robinson 44, matrícula PRTUN, segundo a Aeronáutica. De acordo com o órgão, uma equipe do Seripa IV (Quarto Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) está indo para o local para começar as investigações do acidente.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou, por meio de sua assessoria de imprensa, que a aeronave estava com inspeção válida até 16 de dezembro, que o certificado de aeronavegabilidade estava normalizado e que poderia voar até dia 1º de fevereiro de 2017 e que a capacidade era de 3 pessoas, sem contar o piloto.

A queda ocorreu na Estrada da Barrinha. A aeronave caiu em uma região de mata fechada, próxima à Rodovia Régis Bittencourt. Por volta das 18h, quando o Globocop sobrevoava a área, havia neblina e chuva.

Familiares das vítimas estiveram na manhã desta segunda no Instituto Médico Legal (IML) em São Paulo para organizar a liberação dos corpos.





Jovem procura pelos pais que não vê há seis anos; eles moram na cidade de Barra do Rio Grande/BA

Posted by Rawan Machado | 03 dezembro, 2016 | Posted in



A jovem de 21 anos, Cleonice de Jesus Santos, atualmente morando em Goiânia/GO, entrou em contato com a Redação do CN para contar sua história.

“Gente eu, Cleonice de Jesus Santos,  estou à procura dos meus pais . Maria Madalena de Jesus Santos e  Filintro Dias dos Santos . Eles moram na cidade da Barra Rio São Francisco /Bahia, próximo a Xique-Xique . Meus irmãos são:  Francisco dias dos Santos, Deoclecio Dias dos Santos, (sic), Manoel de Jesus Santos, Elieci Dias dos Santos, Sandra de Jesus Santos e Euzenir de jesus Santos .Esses nomes aí são dos meus parentes (sic)”. Diz Cleonice de Jesus Santos

Cleonice disse que reside há cerca de seis anos em Goiânia, e desde que viajou para a ‘cidade grande’ perdeu o contato com os pais e familiares. Ela disse que nasceu em Itaguaçu da Bahia, onde residiu na comunidade de Almas até os três anos de idade. Na sequência, residiu com a família em Ibipeba, Irecê e Xique-Xique. Ela pede a colaboração da sociedade para lhe ajudar a conseguir o contato com sua família.

Qualquer novidade entre em contato pelo o WhatsApp (62)99373 1825.



Fonte: Central Notícia


Corpo de jogador natural de Xique-Xique-BA, morto em tragédia será enterrado em São Paulo

Posted by Rawan Machado | | Posted in

Sérgio Manoel tinha 27 anos e era natural da cidade de Xique-Xique



O corpo do jogador Sérgio Manoel, 27 anos, será enterrado na cidade de Itapevi, no interior de São Paulo. Natural de Xique-Xique, no Centro-norte da Bahia, o atleta foi uma das vítimas do acidente que matou 71 pessoas no voo que levava a equipe da Chapecoense para cidade de Medellín, na Colômbia, onde a equipe de Santa Catarina disputaria a primeira partida da final da Copa Sul-Americana.

'Estou acabado. Meu filho era um rapaz maravilhoso', diz pai de jogador

Solteiro e sem filhos, Sérgio Manoel era o filho do meio entre três irmãos. Apesar de ser baiano, nunca jogou em um clube local. Saiu de casa aos 17 anos para iniciar a carreira no Nacional, de São Paulo. Jogou em times do interior paulista antes de chegar ao Coritiba, em 2012.


Ele passou por Atlético Goianiense, Paysandu e Água Santa antes de chegar ao ápice da carreira com a Chapecoense. Segundo familiares do atleta, o enterro deverá acontecer ainda neste final de semana.



Homenagens marcam velório coletivo de 50 vítimas na Arena Condá

Posted by Rawan Machado | | Posted in ,

Caixões foram levados em cortejo aberto para o estádio da Chapecoense. Cerimônia teve discurso do prefeito de Chapecó e presidente da Fifa.


O velório coletivo de 50 das 71 vítimas do acidente aéreo com a delegação da Chapecoense foi marcado por homenagens na Arena Condá, em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina. Após a cerimônia, que durou cerca de duas horas sob muita chuva, permaneceram em Chapecó para serem velados 16 corpos.


Vindos da Colômbia, os corpos chegaram por volta das 12h30 deste sábado (3) em meio a emoção de familiares, amigos e torcedores do clube.

Os caminhões com os caixões saíram do aeroporto às 11h14 e percorreram cerca de 10 quilômetros por aproximadamente uma hora. O público nas arquibancadas da Arena Condá aplaudia, um a um, cada caixão carregado por militares na chegada para o velório coletivo no estádio da Chapecoense. Na área coberta montada sobre o gramado, reservada aos familiares e pessoas próximas, os caixões foram depositados.

Às 13h25, todos as urnas haviam sido levadas à área coberta. Às 13h28, a cerimônia começou na Arena Condá, com participação do apresentador Mário Motta. Em seguida, foram executados os hinos brasileiro e da Chapecoense, pela banda da Polícia Militar.

Depois, às 13h38, falou na Arena Condá o presidente em exercício da Chapecoense, Ivan Tozzo. Durante a cerimônia, o prefeito de Chapecó, Luciano Buligon usou a camiseta do Atlético Nacional de Meddelín e agradeceu as homenagens e apoio das autoridades e da população da Colômbia.

O próximo a falar foi o presidente do Conselho Deliberativo da Chapecoense, Plínio David de Nes Filho. Crianças levaram para o campo da Arena Condá as bandeiras do Brasil, da Colômbia, de Santa Catarina, de Chapecó e da Chapecoense.

O apresentador Cid Moreira leu uma passagem bíblica no estádio Condá e foi aplaudido pela multidão. Depois, o bispo da arquidiocese de Chapecó, Dom Odellir José Magri, leu uma  mensagem do Papa Francisco. "Consternado pela trágica notícia do acidente aéreo na Colômbia que causou numerosas vítimas, o Papa pede que transmita suas condolências e sua participação na dor de todos os enlutados", declarou o pontífice.

Balões foram soltos a cada nome de vítima que era dito na cerimônia. Carlinhos, o indiozinho símbolo da Chape, entrou em campo com os pais.

No ato final da cerimônia em homenagem aos atletas, os dirigentes do time entregaram uma placa ao técnico do Atlético Nacional e ao embaixador da Colômbia no Brasil. O presidente Michel Temer deixou o estádio Condá sem discursar, enquanto a torcida gritava  "Vamo, Vamo, Chape", grito comum durante os jogos.

Participaram do ato várias personalidades do futebol, como o presidente da Fifa, Gianni Infantino, o secretário-geral da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Walter Feldman, o técnico da seleção brasileira, Tite, e os jogadores Seedorf e Puyol.

Cerimônia em aeroporto

Por volta das 10h30, os familiares das vítimas começaram a ser levados para o local no estádio onde ficarão os caixões durante o velório. A última urna funerária foi retirada às 10h47, com cerimônia com salva de três tiros com participação do presidente Michel Temer.

Durante a cerimônia de honras militares, o presidente pretendia entregar às famílias a Medalha da Ordem do Mérito Desportivo como reconhecimento do governo federal e do povo brasileiro pelos serviços prestados ao país por todos os que estavam no voo que caiu na Colômbia na madrugada de terça (29), porém essa etapa da cerimônia foi adiada.

Chegada dos aviões

Os dois aviões daFAB chegaram às 9h28 e 9h43 ao Aeroporto Municipal Serafin Enoss Bertaso, em Chapecó. Os caixões começaram a ser retirados das aeronaves às 9h59.

A chegada dos aviões foi acompanhada por familiares das vítimas e pelo presidente MichelTemer. Ele e o governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, participaram de uma cerimônia com salva de tiros com o primeiro caixão a ser retirado, do atacante da Chapecoense Thiaguinho.

Chegada dos torcedores na Arena Condá

Moradores de Chapecó começaram a chegar por volta das 4h30 deste sábado (3) à Arena Condá para o velório coletivo. Segundo a RBS TV, alguns grupos passaram a madrugada na frente do estádio.

Os portões da Arena Condá abriram por volta das 7h30 para a entrada dos torcedores. Eles ocuparam as arquibancadas em silêncio. Chovia em Chapecó.








Homem armado é preso com moto roubada na cidade de Barra do Mendes (BA)

Posted by Rawan Machado | 01 dezembro, 2016 | Posted in



Eziquiel Francisco de Sousa foi preso na noite da última terça-feira (29), no município de Barra do Mendes, na Chapada Diamantina, após Jeferson Sodré de Souza ser abordado por uma equipe da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe-Chapada).

Os policiais notaram adulteração na característica do veículo, e Jeferson informou que o veículo tinha sido trocado com Wilker Barreto de Sousa Figueiredo, por outra motocicleta, a qual após verificação prévia por parte da guarnição foi constatada a falta de placas e numerações de motor e chassi ilegíveis. O suspeito ainda disse que uma terceira pessoa de prenome Eziquiel, estaria envolvida no evento.

A guarnição da Cipe-Chapada se deslocou ao povoado de Peixe, em Barra do Mendes, e foi feita a condução de Eziquiel Francisco de Sousa, exibição e apreensão da motocicleta em questão, e duas armas de fogo, tipo espingarda, fabricação artesanal, calibre 36, encontradas em sua posse.

Tudo foi apresentado na Delegacia Territorial de Barra do Mendes, deliberando o delegado pela prisão em flagrante dos envolvidos e apreensão de tudo que foi apresentado, conforme ocorrência 0390/2016. De acordo com a Cipe-Chapada, o delegado local ficou de deliberar nesta quarta se enquadrava Eziquiel em Auto de Prisão em Flagrante Delito.




Fonte: Cipe-Chapada

TV CÂMARA AO VIVO

OFICIAL

IDIOMA