Confira as notas de corte do ProUni 2017 - Página Xique-Xique

Plantão


Publicidade

Publicidade

07 junho, 2017

Confira as notas de corte do ProUni 2017


Este ano você tem duas oportunidades de conseguir uma bolsa de estudos em faculdade particular bancada pelo Governo Federal.

O Programa Universidade para Todos (ProUni) usa a nota do Enem para classificar candidatos a uma das milhares de bolsas em cursos presenciais e a distância em instituições reconhecidas e bem avaliadas pelo Ministério da Educação (MEC).

A seleção do ProUni é gratuita e abre inscrições duas vezes em 2017: para ingresso no primeiro e no segundo semestre letivo.

A disputa pode ser bem acirrada, afinal quem não quer estudar de graça ou pagando só a metade da faculdade?

Se você tem interesse em conseguir uma bolsa do ProUni em 2017, fique ligado no guia que preparamos a seguir. Nele, vamos falar tudo sobre as notas de corte do ProUni e ajudar a aumentar suas chances de conseguir o benefício!

O que é nota de corte?

Resumindo bem, a nota de corte corresponde à nota do último candidato que conseguiu a vaga.

No caso do ProUni, a nota de corte é a menor pontuação no Enem que permite ganhar uma bolsa.

Quais são as notas de corte do ProUni 2017?

Todo mundo que participa do ProUni quer saber quantos pontos precisa tirar no Enem para passar. A resposta, porém, não é tão simples. É que não dá para prever a nota de corte antes de o processo abrir inscrições e, para complicar um pouco mais, existem dois tipos. Entenda melhor:

Nota de corte parcial: enquanto o processo seletivo do ProUni estiver com as inscrições abertas, o sistema calcula diariamente as notas de corte. Quem souber aproveitar essa informação, vai poder aumentar - e muito! - as chances de passar. É que o ProUni permite modificar as opções de vaga quantas vezes quiser. Se o curso que você deseja tiver nota de corte mais alta do que seu desempenho no Enem, significa que você provavelmente não vai estar na lista de aprovados. A saída é buscar uma opção que exija nota de corte menor. Guarde essa dica! Vale lembrar que as notas de corte parciais são apenas informativas, não garantem a vaga.

Nota de corte final: é calculada quando encerra o processo seletivo do ProUni. A nota de corte final define a classificação dos candidatos daquela edição.

É importante saber que no ProUni os candidatos não concorrem todos entre si, nem com todas as pessoas que buscam a mesma graduação. A disputa se dá apenas entre os participantes que escolheram exatamente a mesma opção de:

-Curso

-Turno

-Faculdade

-Cidade/ unidade/ campus

-Modalidade de concorrência (cotas ou não)

Essa mecânica tem impacto direto na nota de corte. Dependendo da procura daquela vaga - e do desempenho dos demais candidatos, pode ser maior ou menor. Veja a seguir alguns exemplos de notas de corte do ProUni.

Maiores e menores notas de corte do ProUni

O espectro das notas de corte do ProUni vai de 450 pontos (a nota mínima para se inscrever) até 800. Tudo depende, como já vimos, do desempenho dos candidatos que concorrem à mesma opção de vaga (curso, turno, faculdade, etc.).

Medicina, para variar, é o curso mais concorrido em praticamente todas as faculdades. As notas de corte podem superar 800 pontos, dependendo da edição do ProUni.

Direito, Administração, Arquitetura, Veterinária e Engenharia em faculdades de renome também exigem notas altas - por volta de 770 pontos.

Na maioria dos cursos, dá para conseguir uma vaga com média de 600 pontos no Enem. Em outros, principalmente naquelas faculdades menos procuradas, dá para passar com o mínimo exigido - 450 pontos. É o caso de alguns cursos como Turismo, Letras, Educação Física e até Direito!

Veja alguns exemplos de nota de corte aproximada, retirados de edições recentes do ProUni:

-Administração: entre 450 e 770

-Arquitetura e Urbanismo : entre 540 e 770

-Ciência da Computação: entre 450 e 790

-Ciências Contábeis: entre 450 e 760

-Direito: entre 450 e 800

-Educação Física: entre 450 e 730

-Enfermagem: entre 540 e 745

-Engenharia: entre 550 e 770

-Jornalismo: entre 500 e 720

-Letras: entre 450 e 705

-Medicina: entre 735 e 815

-Nutrição: entre 450 e 730

-Odontologia: entre 550 e 760

-Psicologia: entre 450 e 790

-Relações Internacionais: entre 450 e 760

Quem pode participar do ProUni 2017

Para participar do ProUni 2017, o candidato não pode ter diploma de nível superior e precisa atender às seguintes exigências:

-Ter feito todo o ensino médio em escola pública (ou em escola particular na condição de bolsista integral).

-Ter renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.

-Ter feito o Enem 2016, com desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas, sem ter zerado na redação.

Quando acontece o ProUni 2017

A primeira edição do ProUni 2017 tem inscrições entre os dias 31 de janeiro e 3 de fevereiro.

O segundo processo seletivo do ano deve acontecer em junho ou julho, em data a ser divulgada pelo Ministério da Educação (MEC).

Os requisitos de participação são os mesmos nas duas edições.

Faculdades que participam do ProUni

Confira algumas instituições reconhecidas pelo MEC que costumam participar do ProUni:
























Nenhum comentário:

Postar um comentário


Publicidade