Protestos nos EUA exigem que Trump divulgue declaração do imposto de renda - Página Xique-Xique

Plantão


Publicidade

Publicidade

15 abril, 2017

Protestos nos EUA exigem que Trump divulgue declaração do imposto de renda

Movimento 'Marcha dos impostos' convocou manifestações em mais de cem cidades na data em que tradicionalmente termina o prazo para a declaração de impostos nos EUA.




Milhares de americanos saíram às ruas neste sábado (15) em mais de cem protestos convocados em todo o país para exigir que o presidente Donald Trump que divulgue suas declarações de imposto de renda, como fizeram os antecessores no cargo.

A maior manifestação até agora foi a da capital Washington, que ocupou as ruas entre o Capitólio, sede do Congresso, e o monumento a Lincoln, mas também foram vistas centenas de pessoas nos protestos de Nova Iorque, Los Angeles, Chicago, Seattle e Austin, sem graves incidentes registrados.

O movimento "Marcha dos impostos" convocou mais de cem protestos em cidades de todo o país, que começaram no início desta tarde, coincidindo com o dia em que tradicionalmente termina o prazo para a declaração de impostos nos EUA. Neste ano, porém, a data foi transferida para a próxima terça-feira, dia 18, por ter caído em um sábado e devido a um festival local que Washington celebra na segunda-feira.

Nesta mobilização, como nas que têm ocorrido desde que Trump chegou à Casa Branca, em 20 de janeiro, as propriedades que levam seu nome em todo o país se tornaram parada obrigatória dos protestos.

Entre o Capitólio e a Casa Branca está um dos hotéis de Trump, onde os manifestantes de Washington, que vieram inclusive de outros estados como a Carolina do Norte, pararam para protestar aos gritos de "vergonha, vergonha".

Nos cartazes que erguiam era possível ler mensagens como "impostos para os ricos", "divulgue seus impostos" e "há dinheiro escondido embaixo do topete".

Kevin e Mark, dois jovens que protestaram em Washington neste sábado, explicaram que a manifestação vai além de pedir a Trump que revele seus impostos, porque também pedem um governo transparente em termos gerais.

A congressista democrata Maxine Waters se dirigiu aos manifestantes durante a marcha da capital e criticou que Trump "gaste" os impostos dos contribuintes em suas frequentes escapadas de fim de semana ao luxuoso complexo Mar-a-Lago, em Flórida, que o presidente chama de "Casa Branca de inverno".

Em Nova Iorque, centenas de pessoas se reuniram com cartazes e bonecos similares a Trump no Bryant Park, de onde partiu a marcha para a Trump Tower.

Os ativistas da Flórida convocaram dezenas de protestos no estado. O de maior destaque concentrou 700 pessoas, segundo os organizadores, desde os condomínios Trump Praza de West Palm Beach até a entrada do complexo Mar-a-Lago do presidente, onde está com a família neste fim de semana.

O movimento "Marcha dos impostos" pede "transparência" e denuncia que, "apesar da intensa pressão pública", Trump ainda não divulgou suas declarações de imposto de renda, "rompendo com 40 anos de precedentes", segundo explica o manifesto no site da iniciativa.








Nenhum comentário:

Postar um comentário


Publicidade